Participamos do

Coreia do Norte anuncia primeira morte por covid e surto a nível nacional

21:26 | Mai. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Coreia do Norte reportou nesta sexta-feira (noite de quinta, 12, no Brasil) sua primeira morte por covid-19 e indicou que 187.000 pessoas estão "isoladas e tratadas" com febre após a expansão a nível nacional do primeiro surto de coronavírus no país desde o início da pandemia.

"Uma febre, cuja causa não pôde ser identificada, se espalhou de forma explosiva por toda a nação desde o fim de abril", noticiou a agência oficial KCNA. "Até 187.800 pessoas estão isoladas e tratadas", acrescentou.

A agência também informou que seis desses pacientes morreram, "um deles após testar positivo para a subvariante BA.2 da ômicron", cepa altamente contagiosa do coronavírus.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O isolado país comunista que dispõe de armas nucleares confirmou na quinta-feira seu primeiro surto de covid-19 e anunciou a implementação de um "sistema de prevenção epidêmica de emergência máxima" após vários doentes Pyongyang testarem positivo para o vírus.

Com seus 25 milhões de habitantes não vacinados contra o coronavírus e uma deficiente infraestrutura de saúde, a Coreia do Norte pode sofrer diante de um grande surto da epidemia, apontam especialistas.

O líder Kim Jong Un realizou uma reunião de emergência com seu gabinete político na quinta-feira e ordenou confinamentos por todo o país, na tentativa de conter a propagação da doença.

Nesta sexta, a KCNA afirmou que Kim visitou os escritórios do departamento de emergência sanitária e "percebeu a extensão nacional da covid-19".

A Coreia do Norte recusou anteriormente ofertas de vacinas anticovid da Organização Mundial da Saúde (OMS), da China e da Rússia.

A empobrecida nação havia imposto desde o começo de 2020 um estrito bloqueio ao exterior que afundou sua economia e comércio.

Ao seu redor, há países como Coreia do Sul e China, que viveram fortes surtos de covid-19 impulsionados pela variante ômicron.

cdl/ceb/dbh/yow/mvv/ic

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar