Participamos do

Camisa que Maradona usou no gol "mão de Deus" bate recorde

00:02 | Mai. 11, 2022
Autor DW
Tipo Notícia

Camisa foi usada por Maradona na partida que foi provavelmente a mais famosa de sua carreiraVestimenta foi leiloada por mais de 9 milhões de dólares, maior preço já pago por um item esportivo. Argentino a vestia na partida da Copa de 1986 em que ele marcou o famoso gol de mão contra a Inglaterra.A camisa que Diego Maradona estava usando nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986 contra a Inglaterra foi vendida por 9,3 milhões de dólares (R$ 45,8 milhões) pela casa de leilões Sotheby's, em Londres. É o preço mais alto já pago por um item de recordação esportivo. A Sotheby's disse que o item foi vendido após um leilão on-line encerrado nesta quarta-feira (04/05). O nome do comprador não foi informado. O jogo da Argentina contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986 é provavelmente o mais famoso no caminho da seleção sul-americana para levantar o troféu naquele ano, apesar de não ter sido a final decisiva. Na Inglaterra, é a partida mais famosa até hoje. Maradona marcou os dois gols, e a Argentina venceu por 2 a 1. O primeiro gol, que abriu o placar, foi decidido de cabeça, mas o árbitro não viu que a bola havia ricocheteado no punho levantado do atacante. Após o jogo, Maradona disse que o gol havia sido marcado "um pouco com a cabeça de Maradona, e um pouco com a mão de Deus". Já o segundo foi eleito o "gol do século" pela Fifa em uma pesquisa feita em 2002. Com a posse de bola, Maradona driblou desde antes do meio de campo, passando por boa parte da equipe inglesa, até desviar do goleiro Peter Shilton e deslizar a bola para a rede. A jogada de mestre foi emblemática de uma Copa do Mundo onde Maradona muitas vezes parecia estar conduzindo seus companheiros de equipe para a vitória com uma só mão. Além disso, os dois gols vistos em conjunto eram quase como o próprio homem em microcosmo – a ultrajante superestrela do futebol dos anos 80, capaz do impossível em campo e propensa à autodestruição fora dele. O simbolismo da partida foi ainda maior tanto para a Argentina quanto para a Inglaterra, visto que ela ocorreu quatro anos após a Guerra das Malvinas, quando a Argentina invadiu as ilhas britânicas no Atlântico e o Reino Unido lançou uma grande operação militar para recuperá-las. Considerado por alguns o maior jogador de todos os tempos, Maradona desfrutou do status de herói em casa a partir de 1986. No entanto, sua carreira e sua vida posterior ficaram marcadas por lutas contra o vício em cocaína e outros excessos, antes de morrer com 60 anos de idade em 2020. Como a camisa foi parar na Sotheby's? Após o jogo, Maradona trocou camisas com o meio-campista inglês Steve Hodge, que a emprestou por um longo período ao Museu Nacional de Futebol da Inglaterra, em Manchester, antes de colocá-la à venda. Depois que a Sotheby's anunciou a venda, os parentes de Maradona expressaram dúvidas sobre sua autenticidade. No entanto, a Sotheby's disse que uma empresa de fotografia esportiva e seu próprio diretor científico estavam satisfeitos com a garantia de sua procedência. Brahm Watcher, chefe da Sotheby's para moda de rua e objetos modernos, definiu a camisa como uma "lembrança tangível de um momento importante não apenas na história do esporte, mas na história do século 20". O mais alto valor anterior referente a recordes esportivos era de 8,8 milhões de dólares (R$ 43,3 milhões), pagos em 2019 pelo manifesto que lançou o movimento olímpico moderno e os Jogos de 1892. Antes disso, uma camisa do New York Yankees usada por Babe Ruth havia sido vendida por 5,6 milhões de dólares (R$ 27,5 milhões), também em 2019. bl (AFP, AP, Reuters)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar