Participamos do

Nove israelenses são detidos por difundir imagens de acidentes aéreos em avião

15:21 | Mai. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Nove israelenses suspeitos de enviar imagens de acidentes aéreos a outros passageiros a bordo de um avião que estava prestes a decolar de Tel Aviv nesta terça-feira (10), com destino a Istambul, na Turquia, foram detidos, anunciou a polícia israelense.

"As nove pessoas detidas, originárias de um povoado do norte de Israel, são suspeitas de difundir imagens de catástrofes aéreas em um avião, o que provocou pânico a bordo e atrasou a decolagem por várias horas", assinalou a polícia em comunicado nesta terça-feira.

Os suspeitos "utilizaram a funcionalidade Airdrop, comum em aparelhos da Apple, para enviar" fotos e vídeos de acidentes aéreos a outros passageiros que se encontravam a bordo do avião", afirmou à AFP o porta-voz da Autoridade Aeroportuária Israelense (IAA, na sigla em inglês), Ofer Lefler.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O avião, da empresa aérea turca AnadoluJet, finalmente pôde decolar ainda hoje, com quatro horas de atraso, detalhou a IAA.

"Os nove suspeitos estão sendo interrogados", informou a polícia, que acrescentou que "a difusão dessas imagens poderia ser interpretada como uma ameaça terrorista".

No dia 29 de abril, uma família de cidadãos americanos causou pânico no aeroporto internacional Ben Gurion depois que as autoridades encontraram em sua bagagem um morteiro que não havia sido detonado. Os americanos esperavam levar a munição para casa como uma "lembrança" de sua viagem a Israel, segundo a IAA.

mib/rm/eg/rpr/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar