Participamos do

Confusão em assembleia estudantil deixa 3 mortos e 40 feridos na Bolívia

14:36 | Mai. 09, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Uma assembleia universitária terminou com três estudantes mortos e 40 feridos nesta segunda-feira (9), na Bolívia, depois que um dos presentes detonou uma bomba de gás lacrimogênio, causando uma confusão, informaram o reitor e um chefe policial.

No meio de um debate acalorado no ginásio esportivo da Universidade Tomás Frías, na cidade andina de Potosí (sudeste), um estudante acionou "uma granada de gás que causou uma debandada geral e que teve como resultado três pessoas falecidas", disse o comandante de polícia local, coronel Bernardo Isnado.

A universidade "está de luto, pois, devido a este desastre delinquencial, três universitárias morreram" e "há 40 feridos", afirmou o reitor, Pedro López, em uma coletiva de imprensa conjunta com o coronel Isnado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Centenas de estudantes estavam reunidos no ginásio da universidade para eleger seus novos dirigentes, acrescentou López.

Em meio a divergências entre os dois grupos, um dos presentes lançou o artefato de gás lacrimogênio causando pânico e desespero entre os estudantes que tentavam deixar o lugar fechado, explicou o reitor.

O hospital público da cidade de 270.000 habitantes entrou em colapso pela grande quantidade de feridos e pelos familiares desesperados que chegavam em busca de informações sobre a situação dos estudantes.

jac/fj/yow/rpr/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar