Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Unionistas da Irlanda do Norte advertem sobre referendo da 'discórdia'

13:17 | Mai. 02, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Um referendo sobre a reunificação da ilha da Irlanda, uma perspectiva possível caso o partido pró-irlandês vença as eleições locais na Irlanda do Norte na quinta-feira (5), semearia a "discórdia", advertiu, nesta segunda (2), o líder do partido unionista (DUP), Jeffrey Donaldson.

Os irlandeses do Norte são chamados às urnas na quinta-feira para renovar sua assembleia local. E a eleição se anuncia histórica para a província britânica, pois as pesquisas apontam uma vitória do Sinn Fein, partido cuja razão de ser é a reunificação de toda a ilha da Irlanda.

Os unionistas, visceralmente apegados ao lugar que a Irlanda do Norte ocupa no Reino Unido, estiveram sempre no poder desde a criação da província britânica em 1921, quando o resto da ilha saiu do controle de Londres.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Se o Sinn Fein ganhar na quinta-feira, o partido, outrora braço político do Exército Republicano Irlandês (IRA), tomaria as rédeas de um governo compartilhado com os unionistas e pressionará para a realização de um referendo sobre a reunificação da ilha, teme o DUP.

"É uma escolha clara" a que terá que ser feita na quinta, disse à AFP Jeffrey Donaldson, líder do DUP. "É entre o DUP e nosso projeto de abordar os problemas que contam verdadeiramente para o povo e o do Sinn Fein e sua discórdia sobre as fronteiras", afirma Donaldson.

csp/vg/eg/mb/dd

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar