Participamos do

Tribunal chileno declara cineasta Nicolás López culpado de abuso sexual

00:07 | Abr. 27, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Um tribunal chileno considerou nesta terça-feira (26) o cineasta Nicolás López culpado de duas acusações de abuso sexual, embora tenha sido absolvido dos crimes de estupro e atentado ao pudor, em um midiático julgamento que começou há três anos devido a queixas de atrizes e modelos.

O Tribunal da cidade de Viña del Mar (centro) emitiu o "veredicto condenatório contra Nicolás Javier López Fernández, em qualidade de autor de dois crimes consumados de abuso sexual", segundo a decisão divulgada pelo Judiciário.

López cometeu os crimes em novembro de 2015 e novembro de 2016 em sua casa no município de Providencia, em Santiago.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em 2019, foi realizada a primeira audiência contra o cineasta de 39 anos após denúncias de várias atrizes e modelos, que o acusaram de convocá-las para testes ou reuniões de trabalho em sua casa para cometer os supostos abusos.

No entanto, o tribunal rejeitou as acusações de estupro e atentado ao pudor contra uma mulher que denunciou que isso aconteceu quando tinha 17 anos.

"As evidências da acusação foram insuficientes para provar, além de qualquer dúvida razoável, a existência do tipo penal de estupro proposto pelos acusadores", indicou a decisão.

O tribunal anunciará a sentença de López na segunda-feira, 16 de maio. A Promotoria pediu uma pena de cinco anos de prisão contra o cineasta.

O caso contra López, jovem cineasta que fez filmes humorísticos que conquistaram o público local como "Sin filtro" (2010) e "No estoy loca" (2018), causou grande escândalo no Chile e veio à tona no momento em que o movimento global #MeeToo descobriu vários casos de abuso sexual perpetrados por pessoas poderosas, especialmente na indústria do entretenimento.

msa/yow/ap

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar