Participamos do

Prefeito de Lima é destituído de maneira surpreendente

14:16 | Abr. 27, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

As autoridades eleitorais do Peru destituiram de forma surpreendente o prefeito de Lima, Jorge Muñoz, nesta quarta-feira (27), piorando a turbulência política vivida por um país conhecido por destituir frequentemente seus presidentes.

Advogado e político de centro-direita de 60 anos, Muñoz foi destituído sem direito a apelação por ter infrigido a Lei Orgânica de Municipalidade ao integrar simultaneamente o diretório da empresa estatal de água potável de Lima, Sedapal, segundo o Júri Nacional de Eleições, JNE.

"Estabeleço vacância da autoridade municipal", indicou o JNE em sua página na web.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Agradeço pelas demonstrações de solidariedade nestes momentos difíceis", reagiu o prefeito no Twitter, considerado um potencial candidato presidencial em 2026.

O JNE tomou a decisão após uma denúncia apresentada pelo cidadão Carlos Hinostroza, que pediu em 2021 a destituição do prefeito no Conselho Municipal de Lima, mas este barrou o processo. Ele então recorreu ao Júri Eleitoral.

cm/fj/rsr/gf

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar