Participamos do

Naufrágio deixa 24 migrantes desaparecidos perto das Canárias

00:03 | Abr. 27, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Vinte e quatro migrantes estão desaparecidos após o naufrágio de sua embarcação perto da costa do arquipélago das Canárias - anunciou a Guarda Costeira espanhola nesta terça-feira (26).

De acordo com um porta-voz do Salvamento Marítimo, a Guarda Costeira foi alertada sobre a saída deste barco com 61 migrantes a bordo, procedente do Cabo Bojador, no Saara Ocidental.

Se esta informação estiver correta, "haveria 24 desaparecidos", já que os socorristas resgataram 36 pessoas, todas subsaarianas, e encontraram um corpo, ao sul da ilha de Gran Canária no Atlântico, disse o porta-voz da corporação.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A ONG espanhola Caminando Fronteras, que coleta informações dos botes que partem para as Ilhas Canárias, afirmou, por sua vez, que "27 pessoas, entre elas 13 mulheres e seis bebês", morreram no incidente.

Após uma travessia particularmente perigosa da África, 6.359 migrantes chegaram às Canárias desde o início do ano. Segundo o Ministério do Interior espanhol, 60% a mais do que no mesmo período de 2021.

No ano passado, um total de 40.100 migrantes, a maioria marroquinos, chegou à costa espanhola, tanto às ilhas quanto ao continente.

Segundo a Caminando Fronteras, 4.404 migrantes morreram, ou desapareceram nesta rota de migração em 2021, o dobro do ano anterior.

tpe/du/mar/tt/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar