Participamos do

Temores sobre oferta impulsionam alta do petróleo

21:07 | Abr. 13, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Os preços internacionais do petróleo continuaram subindo nesta quarta-feira (13) depois de altas de mais de 6% na terça devido à guerra na Ucrânia, que faz ressurgir os temores sobre a oferta futura da commodity.

O barril de West Texas Intermediate (WTI) para entrega em maio subiu 3,62%, cotado a 104,25 dólares em Nova York.

Enquanto isso, em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega em junho subiu 3,95%, fechando a 108,78 dólares.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Desde o começo do ano, os preços do petróleo tiveram uma alta acumulada de mais de 35%.

O aumento das reservas comerciais de petróleo nos Estados Unidos (9,4 milhões de barris - mdb - na semana passada), não deteve a alta dos preços, em um mercado que atribui o aumento de estoques a uma redução conjuntural das capacidades de refino do principal produtor do mundo.

"As preocupações sobre o abastecimento" de petróleo "ressurgem no contexto do conflito" que continua na Ucrânia e "o repúdio de Moscou de reativar as negociações de paz", destacou Susannah Streeter, analista da consultoria Hargreaves Lansdown.

"Fica evidente que a liberação prevista de 240 milhões de barris pelos países-membros da AIE não contribuirá para resolver o desequilíbrio entre oferta e demanda, o que também sustenta os preços", acrescentou Victoria Scholar, analista da empresa Interactive Investor.

A Agência Internacional de Energia (AIE) revisou na quarta-feira em leve baixa a demanda mundial de petróleo devido aos confinamentos para combater a covid-19 na China.

bur-emb-vmt/er/mr/llu/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1