Participamos do

OSCE constata "manifestas violações" da Rússia em invasão à Ucrânia

10:27 | Abr. 13, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) constatou flagrantes violações de direitos humanos por parte das tropas russas na invasão da Ucrânia e se declarou "consternada" pelos milhares de mortos e feridos causados pelo conflito - informa um relatório divulgado nesta quarta-feira (13).

"Mesmo que não tenha sido possível uma avaliação detalhada (...), a missão encontrou casos de manifestas violações, pelas forças russas, em sua forma de cometer as hostilidades", escrevem os três autores desse documento de 100 páginas apresentado durante um conselho permanente da OSCE, com sede em Viena.

No texto, menciona-se vários ataques "contra hospitais, casas e complexos residenciais, propriedades culturais, escolas, infraestruturas de água e de eletricidade", que, ressalta a OSCE, poderiam ter sido evitados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Se a Rússia tivesse respeitado suas obrigações em matéria de direito internacional após ter invadido a Ucrânia em 24 de fevereiro, "o número de civis mortos, ou feridos, teria sido claramente inferior", acrescenta o documento, que cita, em particular, o cerco a Mariupol, um porto estratégico do sudeste deste país.

jza-anb/ial/me/es/dd/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1