Participamos do

Pelo menos 13 feridos em tiroteio na estação de metrô do Brooklyn

12:37 | Abr. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Ao menos 13 pessoas ficaram feridas nesta terça-feira (12) em um tiroteio na estação de metrô do bairro do Brooklyn, em Nova York, e artefatos explosivos foram encontrados no local, segundo informaram a polícia e os bombeiros.

Fotos e vídeos postadas por pessoas que estavam local mostram poças de sangue e pessoas deitadas no chão de um vagão do metrô, bem como na plataforma da estação "36th Street".

Um porta-voz do corpo de bombeiros disse à AFP que "dispositivos explosivos não acionados" foram encontrados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com um tuíte da polícia, "não há dispositivos explosivos operáveis no momento".

"Às 8h27, a polícia atendeu a uma ligação para o 911 de uma pessoa baleada no metrô" no Brooklyn, disse à AFP um porta-voz da polícia de Nova York (NYPD .

O corpo de bombeiros da cidade deu o número de 13 feridos, com a ABC News citando fontes policiais que afirmaram que pelo menos cinco pessoas foram baleadas.

"Por favor, saiam da área", disse a NYPD e pediu às testemunhas para se comunicarem com a polícia para oferecer informações.

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, disse ter sido "informada" da situação.

"As equipes de primeiros socorros estão no local" e as informações serão atualizadas no decorrer das investigações, tuitou.

A ABC News reportou que os agentes investigam se um artefato de fumaça foi detonado e que a polícia está buscando o suspeito.

Segundo a rede NBC, que citou oficiais da polícia e outro serviço de segurança, um homem com uma máscara de gás e um jaleco de operário laranja pode ter lançado uma lata de fumaça na plataforma do metrô para distrair as pessoas na hora do rush.

O homem segue foragido, segundo o presidente do distrito de Manhattan, Mark Levine.

A Casa Branca disse que o presidente Joe Biden havia sido informado do incidente e que estava em comunicação com as autoridades nova-iorquinas.

Os tiroteios massivos acontecem com relativa frequência nos Estados Unidos, onde as armas de fogo causam 40.000 mortes ao ano, incluídos os suicídios, segundo o site Gun Violence Archive.

O incidente acontece um dia depois de que Biden anunciou novas medidas para o controle de armas, aumentando, especialmente, as restrições às chamadas "armas fantasma", que são difíceis de rastrear, pois podem ser montadas em casa.

As permissivas leis sobre armas e o direito de portá-las garantido pela Constituição dificultam reiteradamente as tentativas de reduzir a quantidade de armas em circulação, apesar da maioria dos americanos se dizerem a favor de impôr maiores controles.

75% dos homicídios nos Estados Unidos são cometidos com armas e a quantidade de revólveres e outros tipos de arma à venda segue alta.

arb/ec/st/gm/rsr/aa/dd

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar