Participamos do

Guerra na Ucrânia causa reação em cadeia na economia global, alerta Banco Mundial

11:27 | Abr. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A guerra da Rússia contra a Ucrânia promoveu uma reação em cadeia na economia mundial, como o aumento dos preços da energia e dos alimentos, que agravará a pobreza, a fome e o endividamento, informou, nesta terça-feira (12), o presidente do Banco Mundial.

Diante dessas "crises sobrepostas", David Malpass pediu para os países mais desenvolvidos manter os mercados abertos e reverter as políticas que concentram riqueza.

A guerra explodiu justo quando a economia mundial tentava se recuperar da pandemia de covid-19 e os novos confinamentos na China aumentam as incertezas sobre a situação, declarou o presidente da instituição durante um discurso na capital da Polônia, Varsóvia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Nunca antes, tantos países experimentaram uma recessão ao mesmo tempo, sofrendo a perda de capital, do emprego e dos meios de vida. Ao mesmo tempo, a inflação continua acelerando", afirmou Malpass durante uma coletiva na Escola de Economia de Varsóvia, transmitida virtualmente.

Malpassa deu essas declarações antes das reuniões da próxima semana do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI) e voltou a se comprometer em ajudar a Ucrânia.

As duas instituições mundiais ofereceram rapidamente ajuda ao país europeu e o Banco Mundial está mobilizando 3 bilhões de dólares em financiamento.

Como parte deste programa, Malpass anunciou que o Banco obteve o apoio de doadores de 1 bilhão de dólares em financiamento sob o órgão de empréstimos em condições favoráveis, a Associação Internacional de Fomento (IDA-AID), assim como 100 milhões de dólares para a Moldávia.

"A proposta será enviada à junta diretiva do Banco Mundial para sua aprovação", disse.

hs-vmt/jul/mlx/erl/rsr/dd

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar