Participamos do

EUA ordena que funcionários do consulado deixem Xangai por causa da covid

23:32 | Abr. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Os Estados Unidos ordenaram que todos os funcionários não essenciais em seu consulado em Xangai deixem a cidade chinesa em meio a um surto de covid-19 e um confinamento rígido decretado pelas autoridades, informou um porta-voz da embaixada nesta terça-feira (11).

O Departamento de Estado ordenou a saída de funcionários e suas famílias "devido ao atual surto de covid-19 e ao impacto das restrições relacionadas à resposta da República Popular da China", disse este porta-voz em comunicado.

A diplomacia americana também expressou "preocupação com a segurança e o bem-estar dos cidadãos americanos aos funcionários da República Popular da China", acrescentou o texto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O gigante asiático ainda aplica uma política de "zero covid" que consiste em tentar eliminar completamente as infecções por meio de confinamentos rígidos, testes maciços e restrições de viagens.

Xangai, capital econômica do país, aplicou as restrições mais severas decretadas no país desde que o vírus surgiu em Wuhan em 2019, com um confinamento rígido que tem complicado a compra de alimentos, e enviou milhares para centros de quarentena.

A megacidade registrou mais de 23.000 novas infecções na terça-feira e mantém a maioria de seus 25 milhões de habitantes sob confinamento.

A embaixada dos Estados Unidos disse na semana passada que permitiria que seus funcionários não essenciais deixassem a cidade devido a esse surto e alertou seus cidadãos na China sobre as medidas anticovid "arbitrárias" decretadas no país.

O Departamento de Estado agora garante que "a melhor coisa" para os funcionários e suas famílias é "reduzir o número e diminuir as operações enquanto lidamos com as mudanças nas circunstâncias", disse o porta-voz.

tjx/oho/dbh/am

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar