Participamos do

Ataques na RDC deixam cerca de 30 mortos em dois dias

14:42 | Abr. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Cerca de 30 pessoas foram mortas no domingo e nesta segunda-feira em ataques a vilarejos em Ituri, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), atribuídos aos rebeldes das Forças Democráticas Aliadas (ADF), informaram fontes locais.

Desde domingo, "os rebeldes atacaram a população" em duas aldeias ao redor de Komanda, em uma das quais 17 civis foram mortos e nas outras nove foram mortos, bem como em uma ponte sobre o rio Ituri, onde houve quatro mortes, segundo David Beiza, presidente da Cruz Vermelha no território de Irumu (sul de Ituri).

"Desde ontem ouvimos disparos de armas leves e pesadas" contra essas duas aldeias, Mangusu e Shauri Moya, confirmou Daniel Herabo, presidente da sociedade civil da "sede" (entidade administrativa) de Basili, segundo o qual também há "degolados" entre as vítimas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A região, mergulhada na violência de grupos armados há mais de 25 anos, é alvo de frequentes ataques sangrentos do grupo ADF, apresentado pela organização jihadista Estado Islâmico como sua filial na África Central.

A Igreja Católica da RDC afirma que as ADF mataram cerca de 6.000 civis desde 2013.

jjp/at/mbb/sba/mis/eg/mr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar