Participamos do

Campanha mundial arrecada 10,1 bilhões de euros para a Ucrânia

13:31 | Abr. 09, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Uma campanha mundial de arrecadação de fundos para ajudar os ucranianos refugiados ou deslocados pela invasão russa conseguiu reunir 10,1 bilhões de euros (11 bilhões de dólares), informou neste sábado (9) a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A campanha 'Stand Up For Ukraine' (Erga-se pela Ucrânia) "arrecadou 9,1 bilhões de euros para as pessoas, dentro e fora da Ucrânia, que fugiram das bombas, e o BERD (Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento) prometeu mais um bilhão" de euros, disse Von der Leyen.

Esta mobilização, promovida pela UE e pelo primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, buscava levantar fundos para ajudar os deslocados internos na Ucrânia e os refugiados que fugiram do país por causa da guerra, afirmaram os organizadores.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Aos líderes mundiais que pediram ajuda em seus países uniram-se artistas como Elton John, Alanis Morissette, Billie Eilish, Annie Lennox e Chris Rock.

Cerca de 4,4 milhões de pessoas saíram da Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro. Chegaram à fronteiriça Polônia mais de 2,5 milhões destes refugiados. A ONU estima, ainda, que haja 7,1 milhões de deslocados internos no país.

Von der Leyen qualificou a arrecadação como "fantástica", durante uma reunião em Varsóvia no sábado. E "chegará mais", prometeu em nota.

"A solidariedade dos países, das empresas e das pessoas em todo o mundo lança alguma luz em horas tão escuras", acrescentou a presidente da Comissão Europeia.

"Uma vez que as bombas pararem de cair, ajudaremos o povo da Ucrânia a reconstruir o país. Continuaremos o 'Stand Up For Ukraine'", explicou Von der Leyen em alusão ao título da campanha.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, também falou por meio de uma mensagem de vídeo.

"A coragem ucraniana uniu todo o mundo democrático", disse Zelensky, pedindo às potências ocidentais que imponham mais sanções contra os bancos russos e parem de comprar petróleo russo.

frj/gw/js/mis/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar