Participamos do

Comboio da Cruz Vermelha chega a Zaporizhzhia com refugiados do sudeste ucraniano

12:03 | Abr. 06, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Um comboio de sete ônibus e cerca de 40 veículos privados sob proteção do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) chegaram nesta quarta-feira (6) do sudeste da Ucrânia a Zaporizhzhia (sul), observou um jornalista da AFP.

"Nossa equipe levou um comboio de ônibus e veículos privados com cerca de 500 pessoas para Zaporozhzhia", declarou no Twitter o CICV, destacando que tentaram chegar à cidade sitiada de Mariupol, mas que as "condições de segurança tornaram isso impossível".

"Aqueles que faziam parte do comboio conseguiram fugir de Mariupol", explica a Cruz Vermelha, que teve uma de suas equipes encarregadas de ajudar a retirar os civis "detidas" na segunda-feira pela polícia, em uma cidade sob controle russo e foi depois obrigada a voltar.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mariupol, uma cidade portuária que foi a maior do leste da Ucrânia a escapar do controle dos separatistas pró-russos na região até o início da invasão russa em 24 de fevereiro, está sob um ataque sangrento.

A cidade está 90% destruída e "40% de suas infraestruturas" são "irrecuperáveis", declarou na segunda-feira o prefeito Vadim Boichenko.

"Há uma semana, estimativas prudentes informavam um balanço de 5.000 mortos", escreveu nesta quarta-feira no Telegram a prefeitura de Mariupol.

"Mas considerando o tamanho da cidade, a destruição catastrófica, a duração do bloqueio e a resistência feroz, pode haver dezenas de milhares de vítimas entre a população civil de Mariupol", acrescentou a mensagem.

str-tbm/bds/sg/mar/mis/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar