Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Governo do Kuwait renuncia apenas três meses de assumir o poder

10:43 | Abr. 05, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O governo do Kuwait renunciou nesta terça-feira (5), três meses depois de assumir o poder, em um momento de tensão no país, frequentemente abalado por deputados que desafiam integrantes do governo e inclusive os membros da família real de Al Sabah.

O primeiro-ministro Sabah Khaled Al Sabah entregou a carta de renúncia do governo ao príncipe herdeiro, Mechal Al Ahmad Al Jaber Al Sabah, informou a agência de notícias oficial Kuna.

A renúncia acontece na véspera de uma votação no Parlamento sobre uma carta de não cooperação, apresentada por 10 deputados contra o primeiro-ministro, que na semana passada foi acusado por parlamentares de práticas "inconstitucionais", incluindo corrupção.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No fim de dezembro, o Kuwait formou o quarto governo em dois anos, sem conseguir superar as crises políticas.

Em fevereiro, os ministros da Defesa e do Interior, membros da família reinante, renunciaram alegando "abuso" de poder por parte dos deputados, com procedimentos de interrogatórios muito frequentes e prolongados, embora sejam um "direito constitucional".

sl/dm/feb/bfi/mab/mb/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar