Participamos do

Explosões na região de Lviv, no oeste da Ucrânia

18:38 | Abr. 05, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Explosões foram registradas na noite desta terça-feira (5) na cidade de Radekhiv, a 70 km de Lviv, a principal cidade do oeste da Ucrânia, informou um funcionário local.

"Explosões na região de Radekhiv. Todos devem permanecer em refúgios", escreveu no Telegram Maksym Kozitsky, chefe da administração militar regional.

"Por enquanto, não há informação disponível sobre vítimas", completou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Uma jornalista da AFP em Lviv ouviu sirenes de alerta.

Longe dos combates, Lviv e o oeste da Ucrânia foram bombardeados poucas vezes desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro.

Em 26 de março, Lviv sofreu uma série de bombardeios russos. Dois deles atingiram um depósito de combustível e deixaram cinco feridos, segundo as autoridades locais.

Em 18 de março, outro ataque atingiu uma fábrica de conserto de aviões próxima ao aeroporto sem causar vítimas, de acordo com o prefeito.

E, em 13 de março, mísseis de cruzeiro russos foram lançados contra uma importante base militara a cerca de 40 km de Lviv, deixando pelo menos 35 mortos e 134 feridos.

Perto da fronteira polonesa, Lviv tornou-se posto de passagem para a Polônia, recebendo milhares de pessoas que deixaram suas casas para fugir dos bombardeios russos.

Quando o conflito começou, várias embaixadas ocidentais transferiram suas sedes para Lviv.

bur-pop/bds/cls/sag/js/dga

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar