Participamos do

Reino Unido se aproxima de recorde semanal de casos de covid-19

14:16 | Mar. 25, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O número de pessoas infectadas com covid-19 no Reino Unido, onde foi levantada a maioria das restrições, quase bateu seu recorde semanal com uma relativa indiferença, segundo estimativas oficiais publicadas nesta sexta-feira (25).

Com base em uma amostra representativa da população, o Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS) calculou que, entre uma população total de 67 milhões, na semana passada 4,26 milhões de pessoas tinham covid-19, aproximando-se dos 4,3 milhões da primeira semana de 2022, quando foi registrado o número semanal mais alto desde o início da pandemia.

O órgão atribuiu esses dados à alta trasmissibilidade da subvariante BA.2 da ômicron.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Estimou que uma em cada 16 pessoas tinha coronavírus na Inglaterra e Gales, 1 em cada 17 na Irlanda do Norte e 1 em cada 11 na Escócia.

O Reino Unido está entre os países europeus que, na opinião da Organização Mundial da Saúde (OMS), levantaram as restrições "de forma muito brusca".

Segundo os epidemiologistas, uma das razões deste surto é o predomínio atual da subvariante BA.2, 30% mais contagiosa, mas que não é mais perigosa do que sua antecessora, a BA.1.

Na Inglaterra, as máscaras não são mais obrigatórias desde o final de janeiro e as pessoas positivas não precisam legalmente fazer quarentena. O governo também levantou recentemente a exigência de viajantes apresentarem um teste e fornecerem dados de contato.

Outras nações britânicas, como Escócia, continuam impondo o uso de máscara em lugares fechados, mas Gales planeja eliminá-las na segunda-feira.

spe-acc/mis/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar