Participamos do

ONU expressa frustração com fechamento de escolas para afegãs

10:46 | Mar. 23, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A ONU manifestou sua decepção e sua "profunda frustração" após o fechamento das escolas de ensino médio para estudantes afegãs, apenas poucas horas depois de sua reabertura.

"Compartilho a profunda frustração e a decepção das estudantes afegãs, que, após seis meses de espera, não puderam voltar à escola hoje (quarta-feira)", disse a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, em um comunicado.

"A incapacidade das autoridades de facto de cumprirem seu compromisso (...) apesar das repetidas promessas para a educação das meninas, sobretudo, durante minha visita a Cabul há duas semanas, é profundamente prejudicial para o Afeganistão", afirmou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No final de agosto, a alta comissária disse aos talibãs que o tratamento dado às mulheres constitui "uma linha vermelha".

Nesta quarta, Bachelet voltou a pedir às autoridades que "respeitem o direito de todas as meninas à educação e abram as escolas a todos os estudantes sem discriminação e sem mais demora".

"Negar o direito à educação viola os direitos fundamentais das mulheres e das meninas" e as expõe "mais à violência, à pobreza e à exploração", acrescentou Bachelet.

apo/vog/bl/mis/mb/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar