Participamos do

Empresa de criptomoedas será um dos patrocinadores da Copa do Catar-2022

21:01 | Mar. 22, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A plataforma de criptomoedas Crypto.com será um dos patrocinadores da Copa do Mundo do Catar-2022, um símbolo da crescente influência das moedas virtuais no futebol, anunciou a Fifa nesta terça-feira em um comunicado.

A empresa com sede em Cingapura se junta aos patrocinadores históricos da entidade máxima do futebol, como Coca-Cola e Visa dos Eestados Unidos e Adidas da Alemanha, embora a Fifa não tenha especificado a duração deste novo contrato.

A empresa "se beneficiará de uma importante exposição da marca tanto dentro como fora dos estádios da competição" e servirá para "aumentar significativamente a visibilidade de sua marca no evento esportivo mais popular do planeta" que será realizado no Catar de 21 de novembro a 18 de dezembro, comemorou a Fifa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Fundada em 2016, a Crypto.com já está presente em outras modalidades como automobilismo, MMA, futebol, hóquei no gelo e basquete, onde o lendário ginásio do Los Angeles Lakers foi rebatizado com o nome da empresa no final de 2021, em um negócio estimado em 700 milhões de dólares.

Este acordo certifica a crescente implantação de criptomoedas no futebol, como já demonstrado pela contratação de Lionel Messi pelo Paris Saint-Germain, que paga uma parte do contrato do astro argentino com moeda virtual.

No outono (europeu) do ano passado, a empresa de consultoria KPMG informou que, desde o início da pandemia, cerca de quarenta equipes das cinco principais ligas europeias assinaram acordos de patrocínio com empresas de criptomoeda.

De acordo com a KPMG, a Inter de Milão, por exemplo, duplicou sua receita com seu principal patrocinador ao mudar da fabricante de pneus Pirelli para a Socios.com.

A DigitalBits, empresa de blockchain, patrocina a AS Roma desde julho de 2021, após assinar um contrato de três anos com o clube italiano no valor de 12,4 milhões de euros.

cfe/mcd/aam

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar