Participamos do

Irã: aiatolá Khamenei sinaliza apoio ao acordo nuclear com potências globais

20:56 | Mar. 21, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O principal líder religioso do Irã sinalizou nesta segunda-feira, 21, apoio às negociações sobre o programa nuclear de Teerã que garantiria um afrouxamento das sanções econômicas impostas pelo Ocidente, uma rara referência ao diálogo paralisado à medida que as potências mundiais se aproximam de um ponto de virada diplomático.

O aiatolá Ali Khamenei enfatizou a importância da economia iraniana ser autossuficiente, durante um longo discurso televisionado após o Nowruz, o Ano Novo Persa. No entanto, ele fez um esclarecimento: "Não estou dizendo que você não deve buscar o levantamento de sanções. Quem está tentando e vai por esse caminho, não tem problema", disse.

Khamenei, cujos pronunciamentos são vistos como cruciais, já que tem a palavra final em todos os assuntos de Estado no Irã, tem se mantido em silêncio sobre as negociações para restaurar o pacto nuclear de Teerã com as potências mundiais. Suas declarações vagas, mas encorajadoras, sugerem que os negociadores iranianos mantêm espaço político e flexibilidade.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

As negociações meticulosas em Viena vêm acontecendo desde o ano passado. O Irã, com sua economia sufocada, pediu um relaxamento das sanções, mas ao mesmo tempo pretende resistir às exigências ocidentais. As negociações estavam quase concluídas este mês antes de Moscou exigir que seu acordo comercial com o Irã fosse isento de sanções ocidentais por sua invasão da Ucrânia, jogando o processo no caos. Os negociadores ainda não se encontraram na capital austríaca e não estão claros quais os obstáculos que os aguardam.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags