Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Funcionárias públicas no Afeganistão terão que cobrir a cabeça

08:11 | Fev. 22, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

As funcionárias públicas no Afeganistão deverão cobrir suas cabeças, mesmo que com uma manta, se necessário, ou perderão seus empregos, alertou nesta terça-feira o ministério da Promoção da Virtude e Prevenção do Vício.

A maioria das mulheres em empregos públicos não foi autorizada a retornar a seus empregos após a tomada do poder pelo Talibã em agosto, embora os fundamentalistas digam que poderão fazê-lo sob certas condições, como segregação de gênero estrita no local de trabalho.

O ministério alertou em um comunicado divulgado nesta terça-feira que as funcionárias não devem aparecer sem estar devidamente veladas, caso contrário, perderão seus empregos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O ministério não especificou em que proporção exatamente as mulheres devem ter a cabeça coberta, em um país onde a grande maioria das mulheres usa véu, mesmo que seja com um mero lenço.

"Podem usar um hijab (véu que cobre a cabeça) da maneira que quiserem", disse o porta-voz do ministério, Mohamad Sadeq Akif Muhajir, questionado pela AFP.

Podem "usar qualquer tipo de hijab, mas devem fazê-lo (se cobrir) adequadamente, mesmo que seja com uma manta", acrescentou.

O ministério para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício adquiriu uma reputação sinistra durante o regime anterior do Talibã na década de 1990 ao impor uma interpretação ultrarrigorosa da lei islâmica através do terror.

bur-fox/ecl/cyb/lch/me/zm/mr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar