Participamos do

Para Scholz, Macron e Biden, reconhecimento russo de separatistas 'não ficará sem resposta'

19:21 | Fev. 21, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O chanceler alemão, Olaf Scholz, e os presidentes francês, Emmanuel Macron, e americano, Joe Biden, destacaram nesta segunda-feira (21) que a decisão do presidente russo, Vladimir Putin, de reconhecer a independência das regiões rebeldes do leste da Ucrânia "não ficará sem resposta", segundo o porta-voz do governo alemão.

Os três líderes "estão de acordo em que esta medida unilateral da Rússia constitui uma violação clara" dos acordos de paz de Minsk para solucionar o conflito ucraniano, disse Steffen Hebestreit em comunicado publicado após conversa entre os presidentes.

hmn/mar/eg/mvv

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags