Participamos do

Presidente da França pede acordo da OMC contra subsídios à pesca predatória

11:31 | Fev. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O presidente da França, Emmanuel Macron, pediu nesta sexta-feira(11) por um acordo na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a ajuda pública à pesca predatória e ilegal, questão que está sendo debatida na instituição.

Na 12ª conferência ministerial da OMC, "podemos chegar a um acordo para abolir os subsídios públicos que contribuem para a sobrepesca ou pesca ilegal", declarou.

"O dinheiro do contribuinte não deve ser usado para continuar financiando ações que depois são condenadas", lançou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Este acordo poderá ser o primeiro sob os auspícios da OMC a proteger a biodiversidade", destacou, defendendo mais uma vez a coerência entre as políticas comerciais em matéria de meio ambiente.

"Não se pode, quando se fala em biodiversidade ou clima, dizer coisas e depois, quando se volta ao plano comercial, fazer o contrário. Nossas agendas devem estar sincronizadas", disse.

As discussões da OMC sobre pesca - em andamento há duas décadas - referem-se em particular aos subsídios globais à pesca, que variam entre US$ 14 bilhões e US$ 54 bilhões por ano, segundo a OMC.

O diretor-geral da instituição, Ngozi Okonjo Iweala, que assumiu o cargo em março de 2021, fez da celebração de um acordo de pesca uma prioridade.

A 12ª conferência da OMC, prevista para o final de 2021 e que deveria examinar este dossier, foi adiada indefinidamente por questões sanitárias.

leb/laf/jk/or/mab/es

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags