Participamos do

China 'não pode ditar' relações Somalilândia-Taiwan, diz ministro

09:06 | Fev. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A China "não pode ditar" à Somalilândia as relações diplomáticas que o país deve ter - declarou seu ministro das Relações Exteriores, Essa Kayd Mohamud, nesta sexta-feira (11), em uma viagem a Taiwan para mostrar a solidariedade entre essas duas democracias com pouco reconhecimento internacional.

O ministro Kayd Mohamud lembrou que o país, declarado independente da Somália em 1991, pode ter relações com quem julgar conveniente.

"Deixe-me dizer-lhes uma coisa: a Somalilândia é um país soberano", frisou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Nascemos livres, continuaremos livres e vamos administrar nossos assuntos como melhor nos parecer. A China não pode nos ditar o comportamento que devemos seguir", acrescentou.

A delegação da Somalilândia visita Taiwan com a intenção de intensificar sua cooperação bilateral no âmbito da exploração de petróleo e gás. Os dois territórios se aproximaram nos últimos anos por se sentirem identificados, um com o outro, por seu status de democracias não reconhecidas pela maioria dos países do mundo.

aw-dhc/jfx/mav/jhd/bl/es/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags