Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Sobe número de mortos em massacre na R.D. Congo

19:34 | Fev. 04, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O massacre cometido por milicianos em um campo de deslocados nesta terça-feira (4) em Ituri, nordeste da República Democrática do Congo (RDC), causou 62 mortes, anunciou uma autoridade local nesta sexta-feira (4) durante uma cerimônia de enterro coletivo.

Os 53 caixões de diferentes cores, alinhados em duas fileiras, foram enterrados em uma grande cova cavada na terra ocre, em Plaine Savo, o local atacado na terça-feira, verificou um jornalista da AFP.

Outros nove corpos foram recuperados por suas famílias e enterrados em suas cidades de origem, de acordo com os organizadores da cerimônia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Balanços anteriores registraram 52, 54 ou 56 mortes - homens, mulheres e crianças horrivelmente assassinados em muitos casos com facões, neste novo massacre atribuído à milícia Cooperativa para o Desenvolvimento do Congo (Codeco).

O grupo tem como objetivo defender os interesses da comunidade Lendu e ataca principalmente a comunidade Hema.

"Mataram 62 pessoas, incluindo 17 crianças, e feriram outros 46 deslocados", disse Emmanuel Ndalo, diretor do campo de Plaine Savo. "As vítimas foram atacadas com facões, tiveram seus pés e mãos decepados. O que vivemos foi realmente horrível", acrescentou.

Ndalo pediu "uma investigação urgente" e a proteção do local pelo exército e pelos Capacetes Azuis. Segundo ele, mais de 40 mil pessoas estão refugiadas em Plaine Savo.

Durante a cerimônia, milhares de pessoas, deslocados e moradores dos arredores, se reuniram, e as mulheres choravam e gritavam questionando o motivo pelo qual foram "abandonados".

Ituri e a província vizinha de Kivu Norte estão em estado de sítio desde maio, uma medida excepcional que dá plenos poderes ao exército e à polícia, mas não tem evitado as atrocidades cometidas por grupos armados.

jjp/at/eg/gm/ic

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar