Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Biden urge em Nova York acabar com violência armada: 'Já chega!'

16:54 | Fev. 03, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu um basta nesta quinta-feira (3) em Nova York à violência provocada pelas armas de fogo, em meio a uma onda de insegurança que afeta todo o país.

"Já chega! Pois sabemos que podemos fazer algo contra isso", disse Biden diante de dezenas de autoridades da cidade e do estado de Nova York, reunidos na sede do departamento de polícia a convite do novo prefeito Eric Adams, partidário da linha dura contra a criminalidade, mas combinada com a adoção de programas sociais para preveni-la.

Biden se rebelou contra uma violência que resultou em "64 menores feridos com armas de fogo até agora este ano e 26 que perderam a vida".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A resposta, segundo o presidente, "não é retirar recursos da polícia. É dar-lhes ferramentas, formação, fundos, que sejam parceiros, protetores" porque "a comunidade precisa disso".

O plano de Biden é injetar 500 bilhões de dólares nas cidades e estados, para que haja maios polícia nas ruas e programas para prevenir a violência em nível comunitário, e mais leis para combater o tráfico de armas.

"Não estamos retirando recursos, estamos financiando e proporcionando serviços adicionais que são necessários, além de ter alguém com uma arma pendurada na cintura", comentou.

Segundo Biden, são necessários mais trabalhadores sociais e mais trabalhadores de saúde mental, mas o fundamental agora é "combater o tráfico e o fluxo de armas".

bur-af/gm/rpr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar