Participamos do

Inflação na China desacelera em dezembro

06:05 | Jan. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A inflação na China se desacelerou em dezembro, graças à queda no preço dos alimentos e das matérias-primas - conforme dados divulgados pelo Escritório Nacional de Estatística (NBS, na sigla em inglês) nesta quarta-feira (12).

O índice de preços ao consumidor aumentou 1,5% interanual em dezembro, uma clara queda em relação aos 2,3% registrados em novembro e abaixo das expectativas dos analistas.

A inflação industrial também caiu, depois de atingir, em outubro, um máximo em 26 anos (+ 13,5%). Em dezembro, o Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede o custo dos bens ao saírem da fábrica, ficou em 10,3%.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Como muitos outros países, a China teve aumentos de custos no ano passado. Com essa desaceleração, analistas veem uma oportunidade de se implantar medidas para relançar a economia, como o corte das taxas de juros.

"A probabilidade de se ver um corte das taxas no primeiro trimestre é alta", afirma Bruce Pang, analista da China Renaissance Securities Hong Kong.

bys/dan/dbh/lm/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags