Participamos do

Detenções na Bélgica após apreensão de 4 toneladas de cocaína na Holanda

18:08 | Jan. 05, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Sete pessoas foram detidas na segunda-feira na Bélgica após a apreensão, na semana passada, em Roterdã, de 4,18 toneladas de cocaína procedentes do Equador, a maior apreensão de 2021 neste porto do sul da Holanda, informou a procuradoria holandesa nesta quarta (5).

A droga, cujo valor nas ruas é estimado em 300 milhões de euros (cerca de 350 milhões de dólares), estava escondida em um contêiner transportando bananas, procedente do Equador, e que tinha como destino Amberes (Bélgica).

"Foram encontrados 4.060 quilos entre bananas e após uma análise exaustiva, foram descobertos outros 120 quilos no teto do contêiner", explicaram os promotores.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Isto faz com que esta apreensão de última hora seja a maior de 2021", acrescentaram, em alusão ao fato de que a droga foi encontrada em 30 de dezembro.

As autoridades belgas e uma equipe holandesa acompanharam o contêiner até um armazém em Essen (Bélgica), do outro lado da fronteira.

A polícia judicial belga fez uma operação em um armazém na segunda-feira e deteve sete suspeitos, cinco belgas e dois britânicos. Seis estão sob custódia.

As apreensões de drogas dispararam no porto de Roterdã, considerado uma das principais portas de entrada de drogas na Europa, especialmente de cocaína.

A costa do Mar do Norte "superou a Península Ibérica como o principal ponto de entrada da cocaína na Europa", destacou a Europol em um relatório publicado em setembro.

O organismo de combate ao crime da União Europeia alertou que Holanda e a vizinha Bélgica estavam se tornando importantes centros de distribuição de cocaína, especialmente para os envios com origem na Colômbia.

jcp/fjb/pc/js/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags