Participamos do

Prisão da República Democrática do Congo tem fuga em massa

O número exato de prisioneiros fugitivos é desconhecido
09:20 | Nov. 21, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

Mais de 100 detentos fugiram no sábado, 20, da prisão de Matadi, no leste da República Democrática do Congo, deflagrando uma operação que deixou um morto e um ferido em estado grave entre as forças de segurança - informaram diferentes fontes oficiais neste domingo, 21.

De acordo com a vice-diretora da prisão, Apolonia Londo, dois homens armados chegaram à entrada principal do presídio - em ruínas e com excesso de lotação -, dominaram os guardas e abriram "a porta da detenção", o que permitiu a fuga de "um grande número" de presos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O comissário Jean-Pierre Nzolani relatou que alguns policiais da área onde está localizada a prisão viram presos fugindo através de um buraco na parede.

"Atiraram para o alto, mas mais de 300 pessoas se aproximaram deles, pegaram suas armas e mataram um policial no local", disse ele.

Outro policial sofreu ferimentos graves à bala.

O número exato de prisioneiros fugitivos é desconhecido. Na manhã de sábado, havia 737 detentos na prisão, construída em 1939 para 150 pessoas.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags