Participamos do

Pela primeira vez, uma mulher é nomeada para cargo "número dois" do Vaticano

Freira italiana Raffaella Petrini foi nomeada pelo papa Francisco; ela assume a secretaria-geral do Governatorato de Estado da Cidade do Vaticano, abaixo apenas do pontífice
05:16 | Nov. 05, 2021
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A freira italiana Raffaella Petrini será a primeira mulher a ocupar o segundo cargo mais importante do Vaticano, abaixo apenas do próprio papa. A informação foi dada pela Santa Sé nessa quinta-feira, 4.

Petrini assume a secretaria-geral do Governatorato de Estado da Cidade do Vaticano. A posição envolve a administração da cidade-estado. Embora trabalhe juntamente com o governador, o arcebispo espanhol Fernando Vérgez Alzaga, ela responde diretamente ao papa Francisco, que é chefe de Estado do Vaticano.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além de Petrini, que é doutora em Ciência Política, outras mulheres têm ganhado posições de destaque no Vaticano e nas estruturas da Igreja Católica. Charlotte Kreuter-Kirchhof, professora universitária alemã, é a segunda no comando do Conselho de Economia do Vaticano. Ela foi nomeada também pelo papa Francisco no último mês de outubro.

Mais notícias internacionais

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags