PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Casa Branca admite que não cumprirá meta de vacinar 70% de adultos até 4 de julho

Segundo o coordenador da resposta do governo americano à pandemia, Jeff Zients, o objetivo será cumprido em "algumas semanas"

14:25 | 22/06/2021
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu uma vacina contra a Covid-19  (Foto: Alex Edelman / AFP)
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu uma vacina contra a Covid-19 (Foto: Alex Edelman / AFP)

A Casa Branca admitiu nesta terça-feira, 22, que não cumprirá a meta de vacinar contra a Covid-19 pelo menos 70% da população adulta do país com pelo menos uma dose até 4 de julho. Segundo o coordenador da resposta do governo americano à pandemia, Jeff Zients, o objetivo será cumprido em "algumas semanas".

Durante uma coletiva de imprensa, Zients disse que 70% das pessoas com 30 anos ou mais já receberam pelo menos um dose de imunizante contra o coronavírus.

O diretor do Instituto de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, que também participou da entrevista, afirmou que o maior risco atual no combate à pandemia é a disseminação da variante delta do coronavírus.

A diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky, por sua vez, ressaltou a importância da segunda dose da vacina.