PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Agência reguladora da Europa recomenda aprovação de vacina da J&J contra covid

13:06 | 11/03/2021

A Agência de Medicamentos Europeia (EMA, na sigla em inglês) informou nesta quinta-feira que recomendou autorização para uso emergencial da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Johnson & Johnson (J&J). Caso a Comissão Europeia ratifique a decisão, o imunizante será o quarto liberado na União Europeia, após os produtos da Moderna, da Pfizer com BioNTech e da AstraZeneca.

Em comunicado, a EMA explicou que o Comitê de Medicamentos em Humanos (CHMP, na sigla em inglês) revisou os dados dos estudos do profilático, cuja dose única teve eficácia de 67% de casos sintomáticos da covid-19.

As pesquisas envolveram mais de 44 mil voluntários nos Estados Unidos, na África do Sul e na América Latina. Segundo a EMA, os efeitos colaterais foram de leves a moderados e incluíram dores no local da injeção, dor de cabeça e náusea.

A distribuição da vacina deve começar no segundo trimestre. A UE tem sido criticada pelo ritmo lento de imunização, na comparação com as campanhas mais avançadas de Reino Unido e EUA.

Até agora, pouco mais de 8% da população do bloco recebeu a primeira dose, comparado com cerca de 33% dos britânicos.

*Com informações da Dow Jones Newswires