PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

EUA e China buscam cooperar em questões climáticas, em momento de relações tensas

16:00 | 09/03/2021

Os Estados Unidos e a China estão discretamente se posicionando para cooperar em questões climáticas, o que eleva a expectativa de que as duas maiores economias do mundo devem trabalhar juntas em uma prioridade compartilhada, em momento de estremecimento nas relações bilaterais.

No mês passado, a secretária do Tesouro americana, Janet Yellen, disse a seus colegas no G20 que os EUA devem ser um dos líderes de um retomado grupo de estudos sobre sustentabilidade nas finanças, descontinuado dois anos antes, e que segundo ela buscará lidar com riscos financeiros ligados ao clima e garantir uma recuperação econômica verde.

Yellen não identificou quem seria o outro país a dividir a presidência do grupo de estudos, mas no dia seguinte o presidente do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), Yi Gang, disse a seus colegas no G20 que o PBoC estava feliz em ser um dos líderes do grupo de estudos, sem mencionar os EUA nem Yellen, ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) com quem ele já trabalhou antes em questões econômicas internacionais.

Nos EUA, o momento é negativo na avaliação do público em relação à China, impulsionada por desconfiança na pandemia e disputas envolvendo comércio, tecnologia e direitos humanos. Na China, também, muitos duvidam que o governo Biden mudará a abordagem de seu predecessor. Fonte: Dow Jones Newswires.