Participamos do

Fauci diz que americanos podem ter de continuar a usar máscaras em 2022

14:14 | Fev. 21, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Especialista responsável pela resposta do governo dos Estados Unidos à pandemia de coronavírus, Anthony Fauci cogitou a possibilidade da população americana ter de seguir usando máscaras em 2022, apesar da esperada evolução do programa de vacinação no país. Em entrevista à CNN, o infectologista disse que só vai recomendar as pessoas a deixarem de usar o acessório caso as taxas de infecções diárias nos EUA estiverem "muito abaixo" das menores já registradas no país desde o início da crise sanitária e a maioria da população já estiver vacinada.

Entre maio e junho de 2020, o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA chegou a registrar menos de 20 mil casos de covid-19 por dia, menores números já reportados pela instituição.

Fauci, que também é diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (Niaid, na sigla em inglês), reforçou a ideia de que os EUA começarão a retomar o ritmo normal das atividades perto do fim do ano, mas ressaltou que isso depende do que é considerado "normalidade" neste caso. "Não posso prever, mas acho que teremos um nível significativo de normalidade à medida que o outono e o inverno (no hemisfério norte) cheguem no fim do ano. Pode não ser precisamente como era antes da pandemia, mas será muito melhor do que o cenário atual", disse Fauci.

O infectologista ainda comentou sobre o número de óbitos por covid-19 nos EUA, que nesta semana deve atingir 500 mil. Para Fauci, a marca é "terrível" e algo sem precedentes desde a pandemia de influenza em 1918. "É por isso que insistimos pela continuidade das medidas de segurança, pois não queremos que essa situação fique pior do que já está", completou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags