PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Blinken terá reunião com Alemanha, França e Reino Unido, com foco em Irã

21:34 | 17/02/2021

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, terá uma reunião amanhã com seus homólogos de Alemanha, Reino Unido e França, quando é esperado que o Acordo Nuclear com o Irã seja um dos principais aspectos tratados. Em comunicado, o Departamento de Estado escreveu que serão abordados "desafios globais" na ocasião. Os cinco países e a Rússia são os responsáveis pelo Plano de Ação Abrangente Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês) acertado em 2015 sobre a questão nuclear iraniana, do qual o ex-presidente dos EUA Donald Trump se retirou.

O comunicado afirma que as conversas do último dia 5, quando o mesmo grupo se reuniu, serão prosseguidas. Segundo a Deutsche Welle, a chanceler alemã, Angela Merkel, manifestou "preocupação" em uma chamada com o presidente do Irã, Hassan Rouhani, hoje, por conta do não cumprimento dos termos do acordo por parte de Teerã. Merkel demonstrou ainda "alto interesse" na manutenção de um acerto, de acordo com a emissora alemã, que cita um comunicado. Na reunião desta quinta-feira, Berlim terá como representante o ministro das Relações Exteriores, Heiko Mass. Os homólogos de Paris, Jean Yves Le-Drian, e Londres, Dominic Raab, irão estar presencialmente no encontro na capital francesa, enquanto Blinken participará virtualmente de Washington.

Hoje, o presidente dos EUA, Joe Biden, fez sua primeira ligação para o primeiro-ministro da Israel, Benjamin Netanyahu. Pelo Twitter, o americano escreveu que o comprometimento dos EUA com a segurança israelense foi reforçado, e que suas administrações estão em "constante contato" no tema, "incluindo sobre o Irã". Pelo lado de Tel Aviv, a conta oficial no Twitter escreveu que os países trataram de "futuros acordos de paz, a ameaça iraniana, os desafios regionais", e que concordaram em seguir dialogando.

Na sexta-feira, é aguardado que Biden discurse na Conferência de Segurança de Munique, evento tradicional pela discussão dos rumos militares globais.

Indo-Pacífico

O mesmo comunicado do Departamento de Estado aponta que Blinken se reunirá amanhã com os seus homólogos de Japão, Índia e Austrália, aliados do chamado grupo Quad. O documento afirma que a expectativa é avançar em temas de interesse comum e desafios na região do Indo-Pacífico.