PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

AstraZeneca: vacina deve ser eficaz contra nova variante do coronavírus

O governo da Grã-Bretanha informou que seu regulador de medicamentos está revisando os dados finais dos ensaios clínicos de fase três da AstraZeneca

16:06 | 27/12/2020
Vacina contra Covid-19 da 
empresa AstraZeneca e da Universidade de Oxford (Foto:  JOEL SAGET / AFP)
Vacina contra Covid-19 da empresa AstraZeneca e da Universidade de Oxford (Foto: JOEL SAGET / AFP)

O chefe da farmacêutica AstraZeneca, Pascal Soriot, que desenvolve uma vacina contra o coronavírus, disse neste domingo, 27, que os pesquisadores acreditam na eficácia da vacina contra uma nova variante do vírus, que causa um rápido aumento nas infecções na Grã-Bretanha. "Até agora, achamos que a vacina deve permanecer eficaz. Mas não podemos ter certeza, então vamos testar isso", afirmou, quando questionado sobre a eficácia da vacina contra a nova variante do coronavírus que se espalha no Reino Unido.

LEIA MAIS| AstraZeneca afirma que tem a "fórmula vencedora" da vacina contra a Covid

Soriot também disse ao Sunday Times que os pesquisadores da vacina descobriram uma "fórmula vencedora", que a tornaria tão eficaz quanto as candidatas rivais. Resultados parciais sugerem que a vacina da AstraZeneca é cerca de 70% eficaz na prevenção da doença por infecção por coronavírus. "Achamos que descobrimos a fórmula vencedora e como obter a eficácia que, após duas doses, está à altura de todo mundo", disse Soriot.

O governo da Grã-Bretanha informou que seu regulador de medicamentos está revisando os dados finais dos ensaios clínicos de fase três da AstraZeneca. As autoridades britânicas culparam a nova variante do vírus pelo aumento das taxas de infecção em todo o país. Eles disseram que a variante é muito mais transmissível, mas enfatizam que não há evidências de que isso torne as pessoas mais doentes. Fonte: Associated Press.