PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Argentina proíbe entrada de brasileiros e outros turistas até dia 8 de janeiro

País vizinho fecha as portas diante do risco da pandemia. Prazo poderá ser estendido se situação se agravar

11:20 | 26/12/2020
Presidente da Argentina, Alberto Fernandéz decretou lockdown no início da crise (Foto: ESTEBAN COLLAZO / Argentinian Presidency / AFP)
Presidente da Argentina, Alberto Fernandéz decretou lockdown no início da crise (Foto: ESTEBAN COLLAZO / Argentinian Presidency / AFP)

Diante do crescente número de casos de infecção da Covid-19 no Brasil, a Argentina decidiu vetar a entrada de turistas brasileiros no país até, pelo menos, 8 de janeiro. Caso os números continuem crescendo por aqui, a medida poderá ser prorrogada por mais um período. A medida também abrangeu países como Uruguai, Chile, Bolívia e Paraguai.

De acordo com o jornal argentino Lá Nación, com a nova regra, até o início de janeiro está suspenso o teste-piloto que autorizava a entrada de turistas estrangeiros de países vizinhos, entre eles o Brasil, pelos aeroportos de Ezeiza, San Fernando e Buquebus, em Buenos Aires.

Além disso, a Argentina também impôs novos requisitos para a entrada de argentinos e estrangeiros residentes no país, que precisarão apresentar o exame PCR negativo, além de permanecer sete dias em isolamento.

A medida foi determinada pelo presidente argentino, Alberto Fernandéz.