PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Trump anuncia que seu advogado e ex-prefeito de NY Rudy Giuliani está com covid

Presidente dos Estados Unidos fez o anúncio com tuíte, mas não foi esclarecido como e onde o advogado está sendo tratado

19:13 | 06/12/2020
FILADÉLFIA, PENSILVÂNIA - NOVEMBRO 07: O advogado do presidente, Rudy Giuliani fala à mídia em uma entrevista coletiva realizada no estacionamento traseiro da empresa de paisagismo em 7 de novembro de 2020 na Filadélfia, Pensilvânia. A coletiva de imprensa ocorreu poucos minutos depois que as redes de notícias anunciaram que Joe Biden havia conquistado a presidência sobre Donald Trump, após a projeção de que ele havia vencido o estado da Pensilvânia. Chris McGrath / Getty Images / AFP (Foto: Chris McGrath / AFP)
FILADÉLFIA, PENSILVÂNIA - NOVEMBRO 07: O advogado do presidente, Rudy Giuliani fala à mídia em uma entrevista coletiva realizada no estacionamento traseiro da empresa de paisagismo em 7 de novembro de 2020 na Filadélfia, Pensilvânia. A coletiva de imprensa ocorreu poucos minutos depois que as redes de notícias anunciaram que Joe Biden havia conquistado a presidência sobre Donald Trump, após a projeção de que ele havia vencido o estado da Pensilvânia. Chris McGrath / Getty Images / AFP (Foto: Chris McGrath / AFP)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que seu advogado pessoal e ex-prefeito de Nova York, Rudy Giuliani, de 76 anos, testou positivo para o novo coronavírus. Trump compartilhou a notícia no Twitter: "Melhore logo, Rudy, vamos continuar!"

"Rudy Giuliani, melhor prefeito da história de Nova York e que trabalhou de forma incansável para desmascarar a eleição mais corrupta da história dos Estados Unidos, testou positivo para o vírus chinês", tuitou Trump, sem abandonar uma expressão que já motivou queixas de Pequim. Não ficou claro no tuíte do presidente onde Giuliani está sendo tratado ou se ele está atualmente em quarentena.

Horas antes de Trump publicar o tuíte, Giuliani participou do programa Sunday Morning Futures, da Fox News, na qual ele repetiu as falsas alegações de fraude eleitoral. Giuliani não respondeu aos pedidos para comentar a notícia neste domingo, 6. Não está claro por que o anúncio foi feito pelo presidente.

Desde a eleição presidencial, Giuliani tem viajado pelo país desafiando os resultados das urnas e a integridade do próprio sistema eleitoral. Durante grande parte de suas viagens, Giuliani foi visto sem máscara e desrespeitando as diretrizes de distanciamento social.

Junto com um grupo de advogados afiliados à campanha de Trump, Giuliani deu entrevistas coletivas regulares alegando, sem evidências, várias teorias de conspiração e alegações infundadas de fraude eleitoral em massa. (Com agências internacionais)