PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Covid-19: Rainha Elizabeth e príncipe Philip deverão ser um dos primeiros vacinados

Após anúncio das autoridades britânicas na quarta-feira, 2 de dezembro, o Reino Unido se tornou a primeira nação do mundo a aprovar a vacinação contra a Covid-19

13:27 | 06/12/2020
Rainha Elizabeth II e príncipe Philip devem receber vacinação contra covid-19 nas próximas semanas (Foto: Tolga Akmen / AFP)
Rainha Elizabeth II e príncipe Philip devem receber vacinação contra covid-19 nas próximas semanas (Foto: Tolga Akmen / AFP)

A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip devem estar entre os primeiros a receberem a vacina contra a Covid-19. A previsão é de que, nas próximas semanas, os dois serão vacinados com as doses produzidas pelos laboratórios americano Pfizer e alemão BioNTech.

O objetivo é encorajar para que outras pessoas também se vacinem. Eles, entretanto, esperam na fila de injeções reservadas à população com mais de 80 anos e aos profissionais de saúde. Os dois, provavelmente, divulgarão a iniciativa para combater as desinformações que circulam.

Os outros membros da família real britânico não terão prioridade em relação aos outros cidadãos. Por isso, o duque e a duquesa de Cambridge, William e Catherine, só terão acesso no próximo ano. As informações são do jornal Daily Mail.

Após anúncio na quarta-feira, 2 de dezembro, o Reino Unido se tornou o primeiro país a aprovar uma vacina contra o Covid-19. O governo adquiriu 40 milhões de doses, mas apenas 800 mil serão distribuídas inicialmente. A ideia é de que esse número seja entregue até o primeiro trimestre de 2021. O contrato ainda prevê mais 360 milhões de injeções, que serão disseminadas em quantidades mensais.

O primeiro-ministro Boris Johnson se manifestou em suas redes sociais depois do anúncio oficial. “É a proteção das vacinas que nos permitirá, em última instância, recuperar nossas vidas e fazer a economia andar novamente”, comenta. A vacinação deve começar nesta semana.