PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Biden diz que vai reincorporar EUA ao Acordo de Paris no 1º dia na presidência

A contagem de votos da eleição presidencial ainda está em andamento.

07:51 | 05/11/2020
WILMINGTON, DE - 04 de novembro: O candidato democrata à presidência Joe Biden fala um dia depois que os americanos votaram nas eleições presidenciais, em 4 de novembro de 2020 em Wilmington, Delaware. Biden falou enquanto os votos ainda estão sendo contados em sua disputa acirrada contra o atual presidente dos EUA, Donald Trump, que permanece muito perto de ser decidida. Drew Angerer / Getty Images / AFP (Foto: Drew Angerer / AFP)
WILMINGTON, DE - 04 de novembro: O candidato democrata à presidência Joe Biden fala um dia depois que os americanos votaram nas eleições presidenciais, em 4 de novembro de 2020 em Wilmington, Delaware. Biden falou enquanto os votos ainda estão sendo contados em sua disputa acirrada contra o atual presidente dos EUA, Donald Trump, que permanece muito perto de ser decidida. Drew Angerer / Getty Images / AFP (Foto: Drew Angerer / AFP)

O candidato democrata, Joe Biden, afirmou que vai reincorporar os Estados Unidos ao Acordo de Paris sobre o clima no primeiro dia do seu eventual governo. "Hoje, a administração Trump deixou oficialmente o Acordo Climático de Paris. E em exatamente 77 dias, um governo Biden voltará a incorporá-lo", escreveu Biden, em sua conta oficial do Twitter, na noite de quarta-feira, horário local, referindo-se a 20 de janeiro de 2021, data do início do mandato do futuro presidente.

Logo após, também no Twitter, Biden anunciou um fundo para arrecadação de recursos para "garantir" a contagem total dos votos. "Donald Trump não decide o resultado desta eleição, nem eu. O povo americano decide. É por isso que apresentamos o Fundo Biden Fight - para garantir que todos os votos sejam contados", disse Biden. A contagem de votos da eleição presidencial ainda está em andamento.

LEIA TAMBÉM | Trump x Biden: saiba quais estados já fecharam votação e quem está na frente nas eleições dos EUA

ACOMPANHE OS RESULTADOS DAS ELEIÇÕES AMERICANAS 2020 AQUI NO O POVO