PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Criticada por não usar máscara, Rainha Elizabeth faz primeira aparição após sete meses

É a primeira vez que a monarca aparece desde o início da pandemia do novo coronavírus. Entretanto, as críticas foram direcionadas: Rainha não usou máscara durante visita ao parque científico Porton Down.

14:05 | 16/10/2020
Rainha saiu junto com o neto na tarde de ontem, 15 (Foto: Reprodução/Twitter)
Rainha saiu junto com o neto na tarde de ontem, 15 (Foto: Reprodução/Twitter)

A primeira aparição de Rainha Elizabeth II desde o início da pandemia não agradou muito a internet nesta sexta-feira, 16. A monarca visitou, na tarde de ontem, o parque científico Porton Down na Inglaterra junto com seu neto, príncipe William. Entretanto, nenhuma das duas autoridades usou máscara - protocolo importantíssimo no combate à Covid-19. Elizabeth tem 94 anos e faz parte do grupo de risco do novo coronavírus.

Em publicação do evento nas redes sociais da Família Real, muitos criticaram o fato. "Estou desapontado porque a Família Real não está praticando as diretrizes da Covid-19 e não estão usando máscaras. Eles têm a responsabilidade social de ser responsáveis e imitar o comportamento de modelagem. Faça melhor porque a Rainha deve ser protegida!", disse um dos comentários no Twitter.

Após os comentários, fontes da nobreza revelaram à revista People que a família seguiu todos os protocolos de proteção durante a visita. Além disso, afirmaram que Elizabeth e William testaram negativo para o coronavírus antes de saírem em público.

Ainda segundo o Palácio de Buckingham, os 48 cientistas visitados pela Rainha foram devidamente testados com antecedência para garantir a segurança de Elizabeth II.

LEIA TAMBÉM | "Vamos nos encontrar novamente", diz Rainha Elizabeth II sobre o novo coronavírus