PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Shakira é investigada por sonegação fiscal na Espanha

Shakira já teve que pagar 24 milhões de euros à Espanha depois se ter sido considerada uma sonegadora, em outra condenação do tipo em 2011

Júlia Duarte
10:22 | 10/09/2020
A cantora colombiana Shakira (Foto: Divulgação)
A cantora colombiana Shakira (Foto: Divulgação)

A cantora colombiana Shakira está sendo investigada pelo governo espanhol por sonegação fiscal de 14,5 milhões de euros aproximadamente R$90 milhões de reais em impostos. O inquérito foi revelado pelo jornal espanhol El País, que atribui que a cantora teria distribuído o dinheiro em 14 empresas fantasmas em paraísos fiscais, como nas Ilhas Virgens e Ilhas Cayman.

Shakira já teve que pagar 24 milhões de euros à Espanha depois se ter sido considerada uma sonegadora, em outra condenação do tipo em 2011. Dessa vez, os valores são referentes aos anos de 2012 a 2014 e a cantora agora é acusada de seis crimes fiscais.

Shakira testemunhou perante o juiz e disse ao inspetor que ela não morava na Espanha, não morava em nenhum lugar específico, sempre mudando de lugar, "nômade sem raízes". Desde 2011, a cantora mora em Barcelona com o marido, o zagueiro do Barcelona, Gerard Piqué.

A Espanha considera como residente pessoas que passam, no mínimo, 184 dias no país, mesmo não sendo de forma corrida. O jornal compilou a quantidade de dias que a cantora permaneceu no país. Em 2012, foram 246 dias no país; no ano seguinte, foram 210 dias; já em 2014, ela acumulou 243 dias no território espanhol, sendo na Catalunha ou não. O jornal catalão afirma que a colombiana deixou de pagar 6,1 milhões de euros em 2012, 3,6 milhões de euros em 2013 e mais 4,1 milhões de euros em 2014, e mais os juros e correções, o que totalizam os 14,5 milhões de euros devidos.