PUBLICIDADE
Mundo
Noticia

Incêndios florestais deixam o céu de São Francisco em tom laranja apocalíptico

19:22 | 09/09/2020
Céu laranja em São Francisco, Califórnia (Foto: Harold POSTIC / AFP)
Céu laranja em São Francisco, Califórnia (Foto: Harold POSTIC / AFP)

Em meio a um ano já repleto de eventos alarmantes, moradores da cidade de São Francisco e de outras partes da Califórnia acordaram nesta quarta-feira (9) com um céu laranja que lembrou cenas de filmes apocalípticos.

O céu era tão escuro que parecia ser noite e, em algumas áreas, cinzas caíam como a neve. A origem desse cenário foram os grandes incêndios florestais que encheram o ar da região de fumaça e poeira.

Fotos da cena assustadora, em especial de um horizonte de São Francisco que parecia ter saído de uma história de ficção científica distópica, rapidamente se espalharam nas redes sociais.

"O céu laranja esta manhã é o resultado da fumaça do incêndio no ar", disseram as autoridades no Twitter. "Essas partículas de fumaça dispersam a luz azul e só permitem que a luz amarela-laranja-vermelha atinja a superfície, fazendo com que o céu pareça laranja."

Conforme a fumaça se torna mais densa em algumas áreas, ela bloqueia a luz do sol e escurece o céu, explicaram as autoridades. O céu escuro com o sol bloqueado reduziu as temperaturas naquele que tem sido historicamente o ano mais quente em São Francisco.

"Essa fumaça está filtrando a energia do sol, causando temperaturas muito mais frias e céus escuros e avermelhados em muitas áreas", tuitou o Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos.

Incêndios florestais descritos como inéditos, alimentados por ventos fortes e temperaturas escaldantes, varreram uma ampla faixa dos estados da Califórnia, Oregon e Washington na quarta-feira, destruindo dezenas de casas e empresas, e forçando a evacuação de dezenas de milhares de residentes.

Na Califórnia, onde pelo menos oito mortes foram reportadas, os helicópteros da Guarda Nacional resgataram centenas de pessoas presas pelo "Creek Fire" na Floresta Nacional de Sierra.

A governadora de Oregon, Kate Brown, declarou os incêndios no estado do noroeste um "evento único em uma geração". Jay Inslee, governador de Washington, estado vizinho, descreveu os incêndios florestais como "sem precedentes e comoventes".