PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Brasileiro entregador de aplicativo morre após ser atropelado voltando de entrega na Irlanda

Motorista que atropelou o carioca fugiu sem prestar socorro. Thiago foi internado, mas não resistiu aos ferimentos

21:55 | 02/09/2020
Entregadores e comunidade brasileira em Dublin realizaram protesto contra a morte de Thiago  (Foto: Reprodução/Instagram)
Entregadores e comunidade brasileira em Dublin realizaram protesto contra a morte de Thiago (Foto: Reprodução/Instagram)

O carioca Thiago Cortes, 28, que trabalhava como entregador de aplicativo em Dublin, na Irlanda, morreu nesta quarta-feira, 2, após não resistir aos ferimentos causados por um atropelamento quando voltava de uma entrega. O caso ocorreu na última segunda-feira, 31, e o motorista fugiu sem prestar socorro. As informações são do portal G1.

De acordo com a Polícia local, Thiago pedalava em sua bicicleta no norte da capital irlandesa no momento do acidente. As autoridades analisam câmeras de segurança da região para apurar as circunstâncias do atropelamento. Comunicado divulgado nesta quarta-feira afirma que já foi identificado um carro suspeito.

Entregadores do serviço por aplicativo Deliveroo, junto com membros da comunidade brasileira em Dublin, se reuniram no local do incidente nesta quarta para prestar homenagem a Thiago e pedir justiça e responsabilidade de motoristas. Manifestantes acenderam velas e deixaram flores. 

A Embaixada do Brasil na Irlanda realiza os trâmites com a família para a repatriação do corpo do carioca para o Brasil. O órgão afirmou ao G1 que o fato foi uma "tragédia muito triste, que sensibiliza a todos na Irlanda".