PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Chile avança em reabertura e afrouxamento do isolamento social

19:11 | 30/08/2020
O Chile dará, amanhã, mais um passo em direção ao afrouxamento das medidas de isolamento social, com cerca de sete bairros - ou comunas - avançando para a terceira das cinco etapas do plano de abertura estabelecido pelo governo. A informação foi anunciada neste domingo pelo Ministro da Saúde chileno, Enrique Paris. De acordo com o relatório do Departamento de Estatística e Informação do Ministério da Saúde publicado ontem, o país soma 409,974 mil infecções por covid-19, com 11,233 óbitos confirmados.
A partir de setembro, os bairros de Las Condes, Providencia, Ñuñoa e Vitacura, em Santiago, além de San José de Maipo, na Região Metropolitana, e San Felipe e Los Andes, na região central de Valparaíso, alcançarão a fase 3 da reabertura após a pandemia do coronavírus. Essa parte do plano prevê a circulação livre das pessoas durante a semana, com encontros de até 50 pessoas aglomeradas em locais púbicos. Nessas áreas, os restaurantes poderão voltar a atender clientes, desde que em esplanadas e calçadas.
"Precisamos continuar mantendo a distância, com número máximo de pessoas por mesa e utilizando a máscara enquanto não estão comendo", disse Paris, após uma conversa com o Ministério da Economia e o sindicato dos restaurantes. Ontem, participantes do sindicato anunciaram nas redes sociais um protesto na segunda-feira para pedir ajuda ao governo para o setor, que foi um dos mais afetados pela pandemia.
Na segunda-feira, outros nove bairros da Região Metropolitana passarão da primeira fase para a segunda no planejamento do governo. Dentre elas, estão duas das mais populosas de Santiago: La Florida e Maipú. Na fase em questão, o governo permite a mobilidade de segunda-feira a sexta-feira, mantendo a quarentena durante o final de semana. Além disso, podem ser realizadas reuniões de até 10 pessoas ao ar livre e 5 em espaços fechados, sem abrir mão das máscaras e do distanciamento social. Neste domingo, o governo também informou que a segunda etapa prevê a suspensão da quarentena obrigatória para as pessoas com mais de 75 anos.
Tanto a segunda fase, como a terceira, ainda têm toque de recolher entre 23h e 5h, medida que está em vigor em todo o país.
Já no Paraguai, a quarta fase da quarentena foi estendida para até 6 de setembro em todo o país, exceto na capital, Assunção, e nos departamentos Central e Alto Paraná, que continuam na terceira fase da abertura. As informações foram confirmadas por um comunicado presidencial emitido na tarde de ontem. No país, a quarta fase permite eventos sociais para até 20 pessoas e cerimônias religiosas para até 50. Segundo dados divulgados nesta manhã, o Paraguai tem 16,474 mil infectados pela doença, além de 294 vítimas fatais.