PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Coronavírus: Coreia do Sul tem mais de 300 novos casos pelo terceiro dia seguido

09:33 | 23/08/2020
A situação da covid-19 na Ásia e na Oceania continua a mostrar países em diferentes estágios. Na China, primeiro epicentro da pandemia no mundo, a Comissão Nacional de Saúde reportou neste domingo 12 novos casos da doença, todos eles importados, e nenhuma morte. Já na vizinha Coreia do Sul, foram 397 novos casos nas últimas 24 horas. Foi o terceiro dia seguido com mais de 300 novos casos confirmados, a maior parte deles na região da capital, Seul.
Com a segunda onda de infecções no país asiático, as autoridades sul-coreanas proibiram grandes aglomerações, fecharam focos da vida noturna, praias e igrejas, e proibiu plateias nas competições esportivas. Embora a região de Seul seja a mais afetada, a pandemia está se espalhando para outras grandes cidades do país, como Busan e Daegu, que havia controlado a situação em abril com uma massiva testagem da população e o rastreamento de pessoas contaminadas.
Na Índia, as autoridades de saúde reportaram 69.239 novos casos da covid-19 e 912 mortes em decorrência da doença neste domingo. Com isso, o país chegou a 3,044 milhões de casos, e liderou o número de novas infecções no mundo com a difusão do novo coronavírus em suas áreas rurais e também na região Sul do país, que tem uma população de maior renda, mas também mais velha.
Já na Austrália, o estado de Victoria teve mais de 200 novos casos pela primeira vez em três dias, com 208 novas infecções, e 17 novas mortes, elevando o total estadual a 415. O governo da região tem conduzido testes massivos na população e orientado que os habitantes continuem usando máscaras em público. A expectativa é que as medidas de quarentena em vigor no local sejam retiradas no próximo mês.
Na Europa, onde também há preocupações com uma nova onda de infecções pelo vírus, a Áustria restringiu o tráfego em sua fronteira Sul após a imposição de medidas de segurança a todos os visitantes do país. De acordo com a Austria Press Agency, a polícia restringiu a entrada por 12 horas em meio ao retorno de viajantes que estavam na Croácia e na Eslovênia. O aumento de casos no país tem sido atribuído a este movimento de retorno.
Em todo o mundo, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, são 23,235 milhões de casos confirmados da covid-19, e 805.176 mortes. Nos dois parâmetros, os Estados Unidos e o Brasil seguem sendo os países mais afetados pela pandemia.