PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Milionário criador de antivírus é preso usando calcinha como máscara

Em janeiro deste ano, John e sua esposa, Janice, fugiram dos Estados Unidos quando o milionário passou a ser procurado por autoridades por não ter pago, por mais de oito anos, impostos considerados "injustos" por ele,

19:01 | 11/08/2020
John é fundador da McAfee Associates, que administrou de 1987 a 1994, quando renunciou (Foto: Reprodução/Twitter)
John é fundador da McAfee Associates, que administrou de 1987 a 1994, quando renunciou (Foto: Reprodução/Twitter)

John McAffe, 76, criador do antivírus intitulado com o seu sobrenome, afirmou ter sido preso nesta semana em aeroporto na Noruega por, segundo ele, estar usando uma calcinha como máscara antiviral. Em postagem no seu perfil no Twitter, ele afirmou que se recusou a retirar a calcinha de seu rosto “pelo bem de sua própria saúde”. Ele insiste que é o modelo mais seguro. Confira postagem:

A conta do Twitter de sua esposa afirmou que postaria na conta até que o marido saísse da prisão. Ele foi liberado em 14 horas, e de acordo com o jornal “The Sun”, o casal viajou para Belarus, no Leste Europeu. Na postagem, ele afirma ter "voltado a Belarus":

Em janeiro deste ano, John e sua esposa, Janice, fugiram dos Estados Unidos quando o milionário passou a ser procurado por autoridades por não ter pago impostos considerados “injustos” por ele, por mais de oito anos. Desde então, ele afirma ser perseguido e “vítima de exílio forçado”, o que o levou a viajar de iate por ilhas no Caribe. Ele já esteve em Cuba, onde ficou até causar incômodo ao regime comunista da ilha, onde chegou a ser detido por posse de várias armas em seu barco. Também foi avistado em Londres, e depois, na Noruega, onde foi detido.

John é fundador da McAfee Associates, que administrou de 1987 a 1994, quando renunciou.