Participamos do

Após ser demitido, caminhoneiro destrói Ferrari de ex-chefe nos EUA

O homem trabalhava na empresa há quatro dias, mas foi dispensado do serviço por ter temperamento indesejável, sendo considerado agressivo e instável
20:04 | Mai. 18, 2020
Autor Neto Ribeiro
Foto do autor
Neto Ribeiro Repórter Mídias Sociais
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um caminhoneiro dos Estados Unidos não reagiu bem à demissão. Furioso, ele decidiu destruir a Ferrari do  ex-chefe e esmagou o carro com um caminhão. O profissional foi demitido sob alegação de ser instável para exercer a função.

O homem trabalhava na empresa há quatro dias, mas foi dispensado do serviço por ter temperamento indesejável, sendo considerado agressivo e instável. No dia da demissão, o caminhoneiro discutiu com ex-chefe e foi despedido.

Após ver a Ferrari embaixo do caminhão, o proprietário do veículo chamou a Polícia e o ex-funcionário foi preso em flagrante. O carro, modelo GTC4 Lusso e único veículo da montadora italiana com vaga para quatro ocupantes, tem valor médio no Brasil de R$ 2,5 milhões.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags